Busy. Please wait.
or

show password
Forgot Password?

Don't have an account?  Sign up 
or

Username is available taken
show password

why


Make sure to remember your password. If you forget it there is no way for StudyStack to send you a reset link. You would need to create a new account.
We do not share your email address with others. It is only used to allow you to reset your password. For details read our Privacy Policy and Terms of Service.


Already a StudyStack user? Log In

Reset Password
Enter the associated with your account, and we'll email you a link to reset your password.

Remove Ads
Don't know
Know
remaining cards
Save
0:01
To flip the current card, click it or press the Spacebar key.  To move the current card to one of the three colored boxes, click on the box.  You may also press the UP ARROW key to move the card to the "Know" box, the DOWN ARROW key to move the card to the "Don't know" box, or the RIGHT ARROW key to move the card to the Remaining box.  You may also click on the card displayed in any of the three boxes to bring that card back to the center.

Pass complete!

"Know" box contains:
Time elapsed:
Retries:
restart all cards




share
Embed Code - If you would like this activity on your web page, copy the script below and paste it into your web page.

  Normal Size     Small Size show me how

PL/SQL

Estruturas semanticas PL/SQL

QuestionAnswer
Identificadores usados para nomear objetos da PL/SQL como variáveis
Literais valores constantes, podendo ser Caracter, numérico ou booleanos
Declaração de variável nome_da_variavel tipo_da_variavel Ex: dataInicio DATE
tipos de dados CHARACTER, NUMBER, DATE, LOB, BOOLEANOS, TIPOS COMPOSTOS, TIPOS DE OBJETO e TIPOS DE REFERÊNCIA.
Tipo de Dados: CHARACTER Usados para armazenar dados alfanuméricos.
Tipo de Dados: NUMBER Usado para armazenar dados numéricos com precisão de até 38 digitos.
Tipo de Dados: DATE permite valores de data e hora
Tipo de Dados: LOB ado para armazenar dados não estruturados como imagens, arquivos binários.
Tipo de Dados: BOOLEANOS utilizadas em estruturas de controle, podem conter apenas os valores TRUE, FALSE ou NULL.
Tipo de Dados: TIPOS COMPOSTOS registros, tabelas e varrays; é um que tem componentes dentro dele.
Tipo de Dados: TIPOS DE OBJETO Consiste em um tipo composto que possui atributos
Tipo de Dados: TIPOS DE REFERÊNCIA pode apontar para posições de memória diferentes
%TYPE Utilizado para declarar uma variável com o mesmo tipo de uma coluna de alguma tabela
Função: TO_CHAR Converte seu argumento em um tipo VARCHAR2
Função: TO_DATE Converte seu argumento em um tipo DATE
Função: TO_TIMESTAMP Converte seu argumento em um tipo TIMESTAMP
Função: TO_TIMESTAMP_TZ Converte seu argumento em um tipo TIMESTAMP WITH TIMEZONE
Função: TO_DSINTERVAL Converte seu argumento em um tipo INTERVAL DAY TO SECOND
Função: TO_YMINTERVAL Converte seu argumento em um tipo INTERVAL YEAR TO MONTH
Função: TO_NUMBER Converte seu argumento em um tipo NUMBER
Função: HEXTORAW Converte uma representação hexadecimal na quantidade binária equivalente
Função: RAWTOHEX Converte um valor RAW em uma representação hexadecimal da quantidade binária
Função: CHARTOROWID Converte uma representação de caractere de um ROWID em formato binário interno
Função: ROWIDTOCHAR Converte uma variável binária interna de ROWID em formato externo de 18 caracteres
Escopo de variável é a parte do programa onde a variável pode ser acessada antes de ser liberada da memória.
visibilidade de uma variável é a parte do programa onde a variável pode ser acessada sem ter de qualificar a referência.
Operador: **, NOT Exponenciação, negação lógica
Operador: +,- Identidade, negação
Operador: *,/ Multiplicação, divisão
Operador: +,-,|| Adição, subtração, concatenação
Operador: =,!=,<,>,<=,>=, IS NULL, LIKE, BETWEEN, IN Comparação lógica
Operador: AND Conjunção lógica
Operador: OR Inclusão lógica
CASE "Exemplo: CASE teste WHEN '1' THEN result := 'a'; WHEN '2' THEN result :='b'; ELSE result := 'invalido'; END CASE;"
WHILE "WHILE condição LOOP Seqüência_de_instruções; END LOOP;"
Loops FOR numéricos "Loop que possui um número definido de iterações. Sintaxe: FOR contador IN [REVERSE] limite_inferior .. limite_superior LOOP Seqüência_de_instruções; END LOOP;"
Select Recupera os dados do banco de dados para as variáveis PL/SQL.
Insert Insere novas linhas na tabela a partir de variáveis, registros, subquerys, etc.
Update Atualiza colunas das tabelas a partir de variáveis, subquerys, registros, etc.
Delete Remove linhas de uma tabela do banco de dados.
Cláusula RETURNING Utilizada para obter as informações sobre a linha ou linhas que acabaram de ser processadas por um Comando DML
Sinônimos Permite criar um alias para a referência de uma tabela.
Controle de transações Uma transação é uma série de instruções SQL que podem ser aplicadas com sucesso, falhas ou canceladas.
Transações autônomas Permite que determinadas operações SQL sejam confirmadas independente do restante das operações de um bloco.
GRANT e REVOKE permissão para realizar operações como INSERT ou DELETE em uma tabela Oracle
Grant utilizada para permitir algum privilégio para determinado usuário.
Revoke revoga um privilégio concedido a um usuário.
Roles Permite facilitar a administração dos privilégios. Consiste em uma coleção de privilégios, tanto de objetos quanto de sistema.
CHR Retorna o caractere que tem o valor equivalente ao x no conjunto de caracteres do bando de dados.
CONCAT(string1, string2) Retorna string1 concatenada com string2.
INITCAP (string) Retorna string com o primeiro caractere de cada palavra em letra maiúscula e os caracteres restantes de cada palavra em letras minúsculas.
LOWER (string) Retorna string com todos os caracteres em letras minúsculas.
LPAD (String1, x[string2]) Retorna string1 preenchida à esquerda até o comprimento x com os caracteres em string2.
Created by: crisgomes